DEIXE OS PESOS PELO CAMINHO…POR LOURDES SERI

Deixe os PESOS pelo CAMINHO…

Ao longo da vida agregamos muitas informações…novidades…
cultura…conhecimento e no final das contas isto nos dá uma bagagem infinita.

 

Nosso cérebro e nosso corpo armazenam e retém tudo…mas não podemos esquecer de fazer de vez em quando uma limpeza…uma faxina… e um desapego do que ocupa espaço e não constrói…não acrescenta…e não agrega.

Em certos momentos nos deparamos com uma carga extremamente pesada e insuportável.
Hora de fazer a faxina.

 

Mantenha o que te faz bem…delete o que te faz mal e ignore o que nada te acrescenta.

Dê espaço para o novo… porque se não deixarmos para trás os pesos do passado onde colocaremos o que a nossa curiosidade vai buscar a todo o momento.?

Isto me lembra a fábula do MESTRE E SEUS DISCÍPULOS.

 

O Mestre caminhando com seus discípulos aproveitava para passar-lhes ensinamentos.
Mas percebia a dificuldade deles assimilaram o que ELE tentava passar…e ficavam irritados…desatentos e incomodados.

Sugeriu então voltarem ao templo.
Lá chegando levou-os para a despensa deu um saco para cada um e disse:
“Escrevam em cada batata o nome das coisas que lhes aborrece…incomoda…
pertubra e irrita e coloquem no saco.”

Isto feito disse :

“Agora coloquem o saco nas costas e não tirem em momento algum durante uma semana.”

Os discípulos se olharem incrédulos até escarneceram do MESTRE…
Mas puseram o saco nas costas.

Depois de uma semana as batatas começaram a pesar….a apodrecer e o cheiro a ficar insuportável.

Foram então ter com o Mestre….que falou:

“Assim somos nós…para caber mais ensinamentos o cérebro tem que estar um pouco vazio…porque num cérebro cheio não cabe mais nada.”

“Quando achamos que sabemos tudo…que temos muitas certezas e que não cabem mais verdades…os ensinamentos não tem espaço para entrar.”

“É necessário ter SEMPRE a cabeça um pouco vazia…
para aprender as mudanças da realidade que nos cerca…sob o risco de nos DIVORCIARMOS DA REALIDADE…. e ENTRAR EM COLAPSO.”

E continuou….

“Nossas certezas vem do que vivemos no passado…mas É PASSADO…FOI.”

“O que acontece HOJE não pode ser interpretado à luz
deste passado.
Seria o mesmo que caminhar numa noite escura com uma vela presa nas costas iluminando um caminho JÁ PERCORRIDO.”

   

E finalizou…
“Relaxem tirem o peso das costas…deixem a cabeça vazia para aprender o que o mundo lhes oferta em novidades e oportunidades.”

Moral da história:

Não carregue nas costas um saco de batatas ou pedras pesadas e INÚTEIS…deixe-as pelo caminho.

 

Lourdes Seri

 

🌳🐦Mantenho minha essência… a curiosidade…

que me levou a lugares que povoavam meus sonhos…e comecei a cumprir a terceira meta.

🌳🐦ENFIM….SER LIVRE.

Tenho um lema:

“I Like to be free as a bird”

Eu gosto de ser livre como um pássaro.

🌳🐦E sou assim até hoje…

Fazendo o que minha alma livre e nômade me diz.🌳🐦

Esta SOU EU:

Lourdes Seri…🐦 🐦

https://www.facebook.com/lourdes.seri

 

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.