Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

ENTARDECER POR APARECIDA CAMILO

ENTARDECER POR APARECIDA CAMILO
5 (100%) 5 voto[s]

 

 

 

Entardecer

 

 

Entre gostos e desgostos, sonhos e conquistas, um tanto de perdas e um bocado de ganhos, a vida circula com criatividade no intervalo entre o amanhecer e ao anoitecer da existência.

Fico a pensar, assim tão diferente, nos caminhos que trilhei, nos sorrisos que já dei, nos amores que vivi e na teimosia que experimentei, na esperança permanente, que insiste em viver latente em meu peito, no fato de que, somente os leigos acreditam que a vida terá fim, na única certeza que tenho, que esse meu corpo já quase cansado fenecerá e ficará num passado, talvez inglório, onde talvez vire história para os que virão.

Estou num tempo delicado, que é entardecer, mas certa de que o por do sol está somente a um passo de mim e o tempo estará sempre em meu favor. Apesar de que esse mesmo tempo nos provoca mudanças físicas, perdemos ou ganhamos peso, perdemos a vivacidade de nossa pele, a firmeza de nossos sentidos, as lembranças que viram saudades.

 

 

Perdemos também espaços na sociedade. A visão turva que enxerga tão somente, o bom caráter de alguém. Neste entardecer quero o suficiente para quando a noite chegar, eu ainda esteja com o brilho no olhar. O brilho da saudade, da alegria compartilhada.

Nesse entardecer, não somos mais ouvidos pelos jovens que em cada dia, se tornam mais intransigentes com esse sistema falho de educação. Perdemos espaço em todos os espaços, na vida dos filhos, que fomos seus espaços em tempos outrora, na sociedade que se aproveitou de nossa vitalidade e conhecimento para crescer.

Às vezes perdemos espaços até para nós mesmos! Pois perdemos a vontade de dizer palavras ao vento. Viramos de certa forma, peça rara de um lote que não está mais à venda. O pior, é que não serve nem para enfeite! Há mesmo que ficar nas prateleiras do tempo.

 

Nossa visão é mais detalhista com o belo, pois o verde que vejo agora tem uma cor distante, é uma mistura de glamour com erudito, sobrevivendo um tempo hostil. Sinto as coisas com mais simplicidade, a brisa acaricia meu rosto suavizando o meu pensar, a chuva gelada deslizar pelo meu corpo, numa carícia pura e incomparável, meus passos são mais leves, firmes pela estrada da vida.

O silêncio se tornou necessário, nesse entardecer.

 

Aparecida Camilo , Advogada atuante e Pós-Graduada em Língua Portuguesa, durante seu tempo por aqui entre todos que denominamos humanos, sempre lidou com pessoas. Não seria diferente a escolha de sua profissão. Trabalhou pouco em sua vida, mas sempre gostou de estudar e estudou um pouco. Não saberia dizer em que idade se encontra, pois tem dia que vive a sapiência e o silêncio dos 100 anos, outro vive o glamour dos 20, outro a introspecção dos 40, e ainda tem aquele dia que ela vive somente a teimosia dos 5 anos de idade, em seu Registro de Nascimento consta que ela completou 54, com gratidão a este Universo tão vasto e bonito que nos faz sonhar e esperançar, que chamamos Deus e vive sempre com as possibilidades que a vida apresenta, o seu lema é: viver um dia por vez, aprendizado que obteve ao longo de sua vida e espera ainda viver na serenidade.

E-mail: aparecidacamilo@hotmail.com

https://www.facebook.com/aparecida.camilo.33

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.