Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

RICHARD TIFFANY GERE

RICHARD TIFFANY GERE
5 (100%) 16 votos

ENVELHECER COM ESTILO

 

Richard Gere – Há pessoas que são como o vinho. À medida que passam pelos anos, tornam-se mais bonitas, melhores. Na infância, são comuns. Como adolescentes são despercebidas, sem indicação de especialidades aos vinte anos. Nos seus trinta anos a sua beleza se acorda e aos quarenta e cinquenta anos elas se tornam irresistíveis.

O que é que essas pessoas desafiam no processo natural de envelhecimento? É sobre a beleza interior delas que amadureceu com o tempo, sobre a personalidade, alma e espírito delas. Essas pessoas permitiram que seu mundo interior se formasse e se expressasse.

Em seus anos de maturidade, vemos sua beleza interior em seus rostos, em seus olhos, em seu comportamento, em seu modo de se vestir, em seus interesses e na escolha que fez de como viver a vida – em sua atitude. Sua atitude é o que constitui seu estilo único e irrepetível.

Cada uma, à sua maneira, essas pessoas estão envelhecendo com estilo.

Hoje quero apresentar-lhes: Richard Tiffany Gere

 

 

Richard Tiffany Gere (Filadélfia, 31 de agosto de 1949) é um premiado ator americano.

Ele é filho de um fazendeiro metodista que se tornou vendedor de seguros, cresceu ao lado dos quatro irmãos numa fazenda próxima a Syracuse (Estado de Nova YorK. Ganhou uma bolsa como ginasta para estudar filosofia na Universidade de Massachusetts e apresentou-se em bandas de rock.

 

 

Deu início à carreira teatral em musicais da Broadway e passou dois anos em Londres. De volta a Nova Iorque, fez papéis dramáticos e estreou no cinema em Report to the Commissioner (1975). Em seus três primeiros filmes de destaque (Cinzas no Paraíso, 1978, Gigolô Americano, 1980, e A Força do Destino, 1982), interpretou personagens inicialmente destinados a John Travolta, que os recusou.

 

 

    

 

Retornou à Broadway para atuar em Bent (1979) e, durante os anos 80, não foi muito feliz na escolha dos filmes que estrelou. Foi apenas com Justiça Cega e Uma Linda Mulher, ambos de 1990, que recuperou seu prestígio.

 

 

Trabalhou em seguida com o diretor japonês Akira Kurosawa (Rapsódia em Agosto, 1991) e contracenou com estrelas como Kim Basinger e Uma Thurman (Desejos, 1992), Lena Olin (Mr. Jones, 1993), Jodie Foster (Sommersby, 1993) e Sharon Stone (Intersection, 1994). Estima-se que seu cachê seja atualmente de US$ 8 milhões.

 

Foi casado com a artista plástica brasileira Sylvia Martins e com a modelo Cindy Crawford. Teve romances com Diane von Fürstenberg, com a atriz Penelope Milford e com a produtora Dawn Steel. Depois de separar-se de Cindy, foi visto com a modelo britânica e aspirante a atriz Laura Bailey.

 

Richard Gere, se converteu ao budismo, tornou-se vegetariano e está ligado a causas ligadas à paz, aos direitos humanos e aos direitos dos animais em todo o mundo. Entre os projetos que contam com seu apoio, está o Oásis para a Paz, uma cidade criada conjuntamente por judeus e palestinos em território israelense, como forma de provar que a convivência pacífica entre os dois povos é possível.

 

 

 

 

Richard Gere fez um comercial com a atriz brasileira Carolina Ferraz em 2008. Ferraz foi aos Estados Unidos para gravar o filme. O comercial foi para um produto da empresa Niely cosméticos, embalado pela canção que é tema do filme mais conhecido da carreira de Gere, Uma Linda Mulher. É a primeira vez que Gere faz um comercial para uma empresa de cosméticos do Brasil.

 

                                            

 

 

 

Richard Tiffany Gere: a lenda que vive.

 

 

 

 Dragão Pucar

Dragão Pucar 57 anos, De Belgrado, Sérvia. Formação em Direito pela Faculdade de Direito em Belgrado. Mestrado em Teologia no Centro Cultural Cristão em Belgrado.
Sempre pensei que era escritor e poeta, mas descobri que sou apenas um trabalhador temporário no pomar de Deus para transferência de frutos.
Não gosto de gastar as palavras porque respeito o poder que elas têm. Apaixonado por amor, amo a amorosidade.
Pratos favoritos: sabedoria do silêncio, paz.
Bebida alcoólica favorita: a alegria da vida
Gosto de conversar com o meu cachorro, pois ele é grande ouvinte e sentem quando estamos tristes, eles chegam de mansinho, ficam do nosso lado quietinho sem esperar nada em troca.

Face:  https://www.facebook.com/dragao.pucar.5

E-mail: dragaopucar@gmail.com

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

×