Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

MODA COM ESTILO E ELEGÂNCIA APÓS OS 50

MODA COM ESTILO E ELEGÂNCIA APÓS OS 50
5 (100%) 11 votos

 

 

 

Moda depois dos 50 anos, pois a elegância e o estilo não têm idade. Quando se está confortável dentro de uma roupa, tenha-se 50, 60 ou mais anos e se ela demonstra com subtileza a sua personalidade, a originalidade da escolha – ou até mesmo uma certa ousadia – tem grandes chances de se sentir bem

Se vestir bem a partir dos 50 anos não exige muito dinheiro, mas sim saber adaptar as tendências à sua idade

 

 

Foi-se o tempo em que os looks modernos e estilosos eram permitidos somente aos mais jovens. Se vestir bem a partir dos 60 anos é algo que está cada vez mais fácil, já que o mercado entendeu a necessidade de se adequar a esse público que cresce e busca qualidade de vida. E isso significa desde boa saúde até autoestima em dia.

Para se vestir bem, no entanto, não é preciso gastar fortunas em peças caras ou investir em itens da moda. Bacana mesmo é ter estilo próprio e adaptar as tendências de acordo com o que mais combina com você!

Invista em peças clássicas de boa qualidade: camisas brancas, calças clássicas na cor preta ou bege, com ou sem pregas, blazer azul noite ou preto, também podendo optar por um blazer com manga ¾, camisolas de caxemira, um casaco comprido na cor camel ou preto e em algumas peças avulsas e acessórios de moda da estação que sejam coordenáveis entre si.

 

 

Como se vestir bem a partir dos 50 anos?

 

Conforto é a palavra-chave nessa fase da vida, mas isso não significa que suas combinações precisam ser sem graça. Veja sugestões para ousar fazendo jus à maturidade.

 

Prefira os cortes de alfaiataria

 

Não há nada mais elegante do que uma roupa bem cortada, e a alfaiataria é a melhor opção para se vestir com discrição sem perder o charme e o conforto. Invista em camisas, blusas, saias, vestidos e calças que atendam a esse padrão.

 

Aposte em cores vibrantes

Já que os cortes se tornam mais sóbrios, está liberado investir em cores intensas e alegres, principalmente na parte de cima. Inspire-se na Rainha Elizabeth, cujas roupas são sempre vibrantes e de uma cor só.

 

 

Elimine os sapatos desconfortáveis

Essa dica não é só de moda, mas também de saúde. Com o avanço da idade as chances de sofrer uma queda são maiores, além dos riscos de osteoporose para mulheres. Os saltos altos e finos, sandálias que não ficam bem presas ao pé e sapatos pesados agravam esse quadro.

O conforto deve ser prioridade, combinado com a elegância. Saltos mais baixos e grossos e sapatos bem fechados são os mais recomendados.

 

Evite tecidos molengas

Roupas de malha, viscose, musseline e outros tecidos tendem a marcar muito o corpo e a destacar dobrinhas, pneuzinhos e até celulite. O uso da cinta modeladora não ajuda. Pelo contrário, ela também fica bem marcada.

 

 

 

Jeans: sim ou não?

 

Historicamente, o uso do jeans é associado à rebeldia e à transgressão, portanto estaria limitado apenas aos mais jovens. Mas os tempos mudaram e hoje dá para se vestir bem a partir dos 60 anos mesmo usando jeans.

Mas com ressalvas! O tecido deve estar presente somente em calças e jaquetas, sempre sóbrias, confortáveis e de corte simples. Nada de desbotado, rasgado ou manchas, e liberado somente em situações informais.

Uma dica importante: o jeans achata o bumbum, portanto se quiser valorizar essa região prefira um modelo mais folgado.

 

 

 

Adote truques básicos para imperfeições

 

Toda mulher é incomodada com algo, mas felizmente os truques de moda estão aí para lhe ajudar a se vestir bem depois dos 60 anos:

  • Use mangas 3/4 para disfarçar braços flácidos ou roliços;
  • Blusas com recortes nos ombros disfarçam ombros largos e braços flácidos;
  • Escolha tons escuros nas regiões onde o volume é maior;
  • Saia ou vestido deve ser abaixo do joelho, mas mais de 10 centímetros envelhece demais;
  • Decote V valoriza o colo sem mostrar demais;
  • Transparências nos ombros e colo podem ser adotadas para ousar no visual.
  • Invista nos acessórios, mas cuidado
  • Colares, pulseiras e brincos estão liberados, mas cuidado para não errar a mão nos acessórios muito chamativos.

Os brincos devem ter, no máximo, oito centímetros, já que nessa idade a orelha tende a “cair”, e maior do que isso pode ficar estranho. Já os anéis podem vir em todos os tamanhos e tipos, assim como as bolsas.

 

 

 

 

 

Misture o antigo com o novo

Não tem nada de errado em usar peças antigas para dar aquele toque retrô ao visual, desde que adicione uma peça moderna. Por exemplo, uma calça clássica de alfaiataria com uma camisa colorida. Moderno demais faz parecer que você quer ser jovem, enquanto excessivamente clássico envelhece.

 

 

 

Meia calça: sim ou não?

Muitas mulheres usam meia calça para se vestir bem a partir dos 50 anos e para disfarçar as varizes, manchas e celulite. As meias com fios de microfibra são ótimas, mas o melhor é substituir a cor de pele por transparente ou fumê.

 

 

 

Use maquiagem leve e natural

Por dois motivos: primeiro, o excesso de maquiagem acentua as linhas de expressão, portanto prefira o visual “acordei linda”. Segundo, maquiagem demais fecha os poros e contribui para o aumento de oleosidade e de acúmulo de resíduos na pele, o que reforça as marcas de expressão e acelera o envelhecimento.

 

 

 

 

Dê as peças inadequadas

Blusas de alcinha, saias, vestidos e shorts curtos, peças em materiais muito sintéticos, peças com estampas chamativas ou com excesso de renda e decotes profundos devem ser eliminados do guarda roupa.

Usar e abusar da cor, faz parte da moda depois dos 50. Estampados e brilho junto ao rosto, iluminam-no e rejuvenescem-no.

Uma boa forma de adicionar alguma cor e vida ao rosto é colocar um lenço colorido em seda, disfarça as olheiras e a flacidez desta zona tão delicada que é o nosso pescoço e desvia a atenção de outras zonas do corpo menos favorecidas. O truque é sempre escolher as cores que a favorecem.

 

 

Menos é mais

Isso vale tanto para se vestir bem a partir dos 60 anos quanto em qualquer idade! O excesso deixa o visual poluído e inadequado, e uma boa dica é sempre se olhar no espelho antes de sair e tirar uma peça.

Um comentário em “MODA COM ESTILO E ELEGÂNCIA APÓS OS 50

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

×
%d blogueiros gostam disto: