NAS ENTRELINHAS – POR CIDINHA CASSIANO

Busquei entender-te
Nas entrelinhas das emoções
Quis dividir contigo
Meu mundo, minhas paixões.

Porém nunca permitias
Tal aproximação
Estou sempre a cismar
Com tua reação.

Diz muito querer-me
Mas vives a fugir
Fazer parte do seu viver
Jamais irás permitir.

Pareces guardar segredos
Que nunca serão revelados
Meu pobre coração
Vive angustiado.

Busco por seu amor
Mas tudo parece em vão
Entendo que nossa história
Não tem mesmo solução.

Cidinha Cassiano

Amo a poesia, o mar e as estrelas, um amor e uma cabana é meu lema.

E-mail: cidinhacassiano2009@hotmail.com

 

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.