Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

VIDA E CONTRADIÇÃO – POR APARECIDA CAMILO

VIDA E CONTRADIÇÃO – POR APARECIDA CAMILO
5 (100%) 6 votos

Vida e Contradição

 

Nossa vida é um sopro apenas, que a qualquer momento pode esmaecer no etéreo. Hoje podemos aproveitar para nos banhar nas águas tranquilas de um rio acompanhado da pessoa que admiramos, onde o amor pode acontecer em qualquer manifestação de uma atenção diferente, onde a vida pode até se prolongar um pouco mais, fazendo de conta assim que seria a fonte da vida eterna, mas que chato seria, não teríamos fim de nossas imperfeições terrenas, pois a morte é exatamente a certeza que nos guia a melhoria moral, intelectual, bem como espiritual.

Em qualquer dia, hora ou lugar partiremos, com a bela desculpa da morte que certamente nos ceifará de forma taciturna e com certa determinação, pois este é um momento que faz parte de nossa vida, aliás, a única certeza. Não teremos espaços para jactância. Essa fonte da juventude precede a nossa existência, ela é indiferente à nossa presença sob sua orla. Mas com ou sem nós, ela continuará a fluir, pois ela é fonte perene.

Poderíamos então assim refletir sobre a comparação que fez Cícero sobre a morte de um jovem e de uma pessoa velha. “A morte de um jovem me parece uma chama extinta com um dilúvio de água: enquanto a de um velho se assemelha à chama que se apaga naturalmente, ao fim da reserva de combustível” (Cícero).

Seria certo pensarmos que somos apenas um campo energético sobre a terra, na busca do incerto, na certeza do agora. Somos espíritos que caminha para a evolução moral, e assim aproveitamos cada oportunidade, que nos convém, outras deixamos passar, como a correnteza de um rio. Somos pedras a serem polidas pelas mãos de um artesão.

 

 

Devemos seguir nosso coração, principalmente se for a favor do bem, e assim certamente nos burilemos para que consigamos trilhar a estrada certa. Esquecer as arestas que paira em nossa mente, que numa insanidade acredita que futuramente seremos mais e melhores, esquecendo-se de o ser nesse momento que acontece.

Não devemos nos deixar prender, nas correntes do querer ou se moldar em uma situação alheia a nossa vontade, a não ser que seja algo que possua, em seu conjunto, a emanação do bem sobre outrem, como verdades nossa a dialogar com nosso eu superior; um ponto fundamental, pois devemos sempre praticar a Fé, a Caridade e o Amor, como meta fundamental de nossa trajetória terrena e como Doutrina principal, do Cristo Salvador, pois que, o pós-morte é ainda para nós desconhecido.

Buscar a verdade. Designando assim a realidade, a exatidão; a qualidade de coisas e pessoas, que por vezes se mostram tais como são; a verdade é a fonte. Não significando que a verdade seja absoluta, de uma vez que a verdade pertence sempre a quem defende, sendo isso possível, a busca deixaria de ser um alvo de vida e o ensinamento em si perderia o seu valor. Ressaltando que, a verdade só existe em parâmetro de comparação com o outro, numa subjugação de conceitos éticos.

 

 

Na qualidade de seres que somos o Homem se encontra dentro das imperfeições, sendo assim, não chegaremos ao acme da perfeição, pois que as verdadeiras perfeições só conseguirão com o conhecimento da verdade absoluta, e através de tudo que independe das interpretações terrenas, pois nossas atitudes e vivências trilhadas variam de acordo com nossas tendências e paixões, bem como nossas atitudes junto à vida, onde a moral e a ética não possuem mais valores a ser perseguidos.

O mundo vive em uma contradição de valores tamanha que, seria antiético afirmar, que nossos filhos estão recebendo deseducação familiar e escolar. Baseados em um sistema jurídico social fálico.

O que estamos fazendo nesta encarnação?! A resposta certa havia de ser: evoluindo espiritualmente e moralmente, servindo a um irmão, com amor e, assim sendo faríamos a passagem com certa lucidez dentro de uma realidade angelical, e teríamos então um avanço na direção de outros horizontes, que seria a nossa pátria mãe, pois em espíritos somos infindos, por sermos permissibilidade do Arquiteto maior. DEUS. Numa outra interpretação. Se, Deus é luz! E que somos uma centelha D’Ele. Somos então uma faísca de Deus neste planeta de aprendizagem e expiação.

 

 

Aparecida Camilo , Advogada atuante e Pós-Graduada em Língua Portuguesa, durante seu tempo por aqui entre todos que denominamos humanos, sempre lidou com pessoas. Não seria diferente a escolha de sua profissão. Trabalhou pouco em sua vida, mas sempre gostou de estudar e estudou um pouco. Não saberia dizer em que idade se encontra, pois tem dia que vive a sapiência e o silêncio dos 100 anos, outro vive o glamour dos 20, outro a introspecção dos 40, e ainda tem aquele dia que ela vive somente a teimosia dos 5 anos de idade, em seu Registro de Nascimento consta que ela completou 54, com gratidão a este Universo tão vasto e bonito que nos faz sonhar e esperançar, que chamamos Deus e vive sempre com as possibilidades que a vida apresenta, o seu lema é: viver um dia por vez, aprendizado que obteve ao longo de sua vida e espera ainda viver na serenidade.

E-mail: aparecidacamilo@hotmail.com

https://www.facebook.com/aparecida.camilo.33

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

×