A EUTONIA E AUTOIMAGEM DOS MODELOS

Você já pensou na importância do autoconhecimento e da consciência corporal para a melhora da autoimagem dos modelos?

A Eutonia nos ajuda a ampliar o conhecimento de si e nos possibilita maior percepção do corpo com um olhar afetivo e delicado para com o mesmo. Portanto, esta abordagem pode ser interessante para modelos de todas as idades, sobretudo, para pessoas 50+.

Consciência/descoberta corporal

Fazer uma prática com atenção aos objetos, aos movimentos e ao espaço ocupado pelo nosso corpo, traz um aprimoramento de como nos relacionamos com as outras pessoas.

Além disso, colocar intenção no que fazemos poupa energia física e emocional, fazendo muita diferença para o nosso equilíbrio biopsicossocial.

É uma possibilidade de descoberta do que é mais próprio do nosso ser. Passamos a “escutar” o nosso corpo e nos comunicamos melhor.

Imagine um(a) modelo antes de entrar no palco e ser filmado(a) e/ou fotografado(a). Se esta pessoa parar para se observar e tocar a sua face para reconhecer e aliviar possíveis tensões, ela poderá estar mais presente porque atualizou as suas expressões faciais em repouso, ao sorrir, falar etc. Seu desempenho profissional será ainda melhor! É o afeto por si mesmo lhe dará maiores recursos para valorizar a sua beleza natural.

O que é Eutonia?

A Eutonia é uma prática corporal, criada e desenvolvida pela alemã Gerda Alexander(1908/1994). Visa a flexibilização do tônus que conduz a um equilíbrio tônico e postural, promovendo melhoras psicofísicas. Destina-se àqueles que visam o autoconhecimento; que queiram desenvolver o estado de presença( atores, cantores, palestrantes, modelos etc); e/ou que apresentem fibromialgia, distresse, dores articulares, pânico, hiperatividade, hipotonia, hipertonia, dificuldade de atenção, câncer, dificuldades em relação à autoimagem( bulimia, anorexia e obesidade).

Nas aulas de Eutonia, a pessoa assume os cuidados com o seu corpo, tocando a sua pele através das mãos e de diversos materiais( bambus, tecidos, sementes, bolinhas). Ela aprende a usar somente a força justa para o movimento corporal diário, evitando gastos de energia com esforços desnecessários. Assim, o estresse diminui e a pessoa passa a habitar o seu ser de forma integral e mais prazerosa.

Ela pode aprender a tocar o seu corpo e a sua face de forma delicada e generosa; desenvolve a consciência óssea e melhora a sua imagem corporal; aquieta os seus pensamentos e se observa com mais profundidade; toca e é tocada pelos objetos, pelas mãos, pela palavra falada, pelos sons, pelo olhar, pela respiração etc. Tem-se uma maior atenção às sensações e aos sentimentos. Há um refinamento da percepção de si!

Como é uma possibilidade de autocuidado, de contato consigo com afeto e respeito, a Eutonia resgata a autoestima e valoriza o que você tem de melhor. Isso é especialmente interessante para a profissão de modelo.

Se você é modelo, que tal praticar Eutonia?

Abraço eutônico,

Felomenia Pinho

Felomenia Pinho- CRFa 2-4982

Fonoaudióloga e pesquisadora sobre a motricidade humana

Eutonista pelo Instituto Brasileiro de Eutonia

Reeducadora do Movimento pela Instituto Bertazzo

Terapeuta e Educadora Alfacoporal pelo Instituto Corpo Intenção

Site :www.felomeniapinho.com.br

Linkedin: https://bit.ly/filolink

Instagram : https://www.instagram.com/filo_pinho/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: