AFETO POR ADELE PEREIRA

AFETO..

E como a mão do oleiro.

A bateia para o garimpeiro.

O formão para o entalhador

A forja para o ferreiro.

Cada um a seu modo

Trabalham , com paciência.

Carinho , cuidado, esmero.

O afeto vem da alma , passa pelos sentimentos.

E se propaga pelos gestos

Jorra em nosso ser, ao ofertar aumenta.

Cresce em gratidão, carinho

Em bem querer, e aí

Somos entalhados, moldados

Garimpados , forjados

E nos rendemos, ao ser cativante .

Que deu-se ao trabalho, minucioso.

Da transformação?✂️

 

 

Adele Pereira

Idade ,40, 50 não sei.

E a vontade louca de escrever, pegou os antigos escritos e fez novos .

Títulos ! alguns: Mãe , Esposa ,Viuvá,Avó, Mulher. E o profissional herdado da mãe Costureira

Hoje aposentada , com todo tempo para escrever, escrever,amar e amar a vida .

email: [email protected]

https://www.facebook.com/adelia.vieira.754

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
%d blogueiros gostam disto: