Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

AMEI-TE …. QUANDO ME DISSESTE… POR ADELE PEREIRA

AMEI-TE …. QUANDO ME DISSESTE… POR ADELE PEREIRA
5 (100%) 7 votos

Amei-te quando me disseste,
uma palavra.
Amei-te quando calou
Suas palavras
Amei-te quando me fez,
soltar as palavras.
Amei o impossível.
O imaginável
O inaceitável

Da cigana tive os cantos
Das deusas seus encantos
Das donzelas seus pudores
Das amantes suas vontades
Da dama seu recato.
Mulher me desnudei

Conheci suas etapas.
De meigo á irá
Do falar ao calar
De atento ao esquecimento
Do silêncio ao desapercebido
Ao inalcançável.

A minha vestimenta
Cuidadosamente tecida
Me protege de tuas perguntas
Que te protege da minha
Negligência
Quando ascendes a teu céu.
Eu desço aos meus infernos.
Intransponível por ti.

 

Adele Pereira

Idade ,40, 50 não sei.

E a vontade louca de escrever, pegou os antigos escritos e fez novos .

Títulos ! alguns: Mãe , Esposa ,Viuvá,Avó, Mulher. E o profissional herdado da mãe Costureira

Hoje aposentada , com todo tempo para escrever, escrever,amar e amar a vida .

email: adeliapvmelo@hotmail.com

https://www.facebook.com/adelia.vieira.754

 

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

×